Quem sou eu

Minha foto
Sou Profissional da área da Segurança Pública, Graduado em Gestão de Segurança Privada e Gestão em Segurança Pública. Meu objetivo é interagir e compartilhar conhecimento.

sábado, 17 de setembro de 2011

Carro Forte


Características de Um Carro Forte:

  • Veículo especialmente construído com a finalidade de transporte de valores; 
  • Toda sua estrutura reforçada; 
  • Carrocerias com chapas duplas de aço; 
  • Vidros com várias lâminas unidas por resina plástica transparente; 
  • Dianteira reforçada com robusto pára-choque; 
  • Parede da carroceria reforçada contra colisões; 
  • Três portas externas; 
  • Ventilação interna por sistema reforçado de ventiladores, exaustores e ar condicionado; 
  • Possui tampas com aberturas acionadas por dentro, denominadas posição de tiro ou escotilhas (defesa 360º); 
  • Cintos, extintores de incêndio, sistema de rádio VHF e sirene; e 
  • Internamente dividido por três compartimentos:
1º. Dianteiro: motorista e fiel;

2º. Vigilante 01 e o vigilante 02;

3º. Transporte de valores.


Materiais Proibidos no Interior de Carro Forte.

  • Material de leitura; 
  • Aparelhos sonoros; 
  • Qualquer outro tipo de meio que possa desviar a atenção da guarnição, principalmente do motorista.
Serviços Realizados

Dentre tantos serviços realizados pela Empresas de Transporte de Valores, alguns serão explanados, sendo:

  • Saque e depósito para agências bancárias de várias bandeiras, junto ao Banco do Brasil e/ou Banco Central;
  • Abastecimento e recolhimento de numerário de agências bancárias das mais variadas bandeiras, junto às tesourarias centrais;
  • Coleta de valores (jóias, obras de arte, etc) em domicílio de clientes diversos; 

  • Custódia de chaves de cofres de clientes diversos; 

  • Transporte de papeis oficiais, como talões de cheques, ingressos de shows, para outros estabelecimentos; 

  • Transporte de empresas que produzem cartões de débito e crédito, para outros estabelecimentos;
  • Transporte e custódia de jóias e metais preciosos das mais variadas origens;
  • Remessas aéreas exclusivas de valores, nacionais e internacionais;
  • Serviços de tesouraria em geral para as instituições bancárias e clientes diversos;
  • Mão-de-obra para terceirização de serviços de tesouraria e arrecadação;
  • Terceirização de serviços de retaguarda de agências bancárias;
  • Processamento e compensação de cheques; 
  •  Gerenciamento e custódia de cheques pré-datados;
  • Processamento, em ambiente próprio e de terceiros, de toda a documentação;
  • Recolha de depósitos em terminais bancários de auto-atendimento;
  • Abastecimento de numerários em terminais bancários de auto-atendimento;
  • Envelopamento de salários para folha de pagamento;
  • Envelopamento de kits-benefícios para funcionários;
  • Manuseio e preparo de tickets, vales-transporte e similares;
  • Manuseio e preparo de cupons de pedágio e similares; e
  • Terceirização dos serviços de bilheteria em eventos específicos, como feiras, exposições, shows, etc

Grupo de Vigilantes Imbuídos da Operação de Carro Forte:

1. Fiel (01 vigilante);

2. Motorista (01vigilante); e

3. Segurança (02 ou 03 vigilantes).

Todos os membros são responsáveis pelo Carro Forte, desde a conservação e limpeza interna, tanto pelo funcionamento dos equipamentos e a observação de normas e procedimentos de segurança.

Dentro do Carro Forte existe uma hierarquia, sendo seu comandante o Fiel, e após este o Motorista, então o Vigilante 01, e após o Vigilante 02, podendo existir um quinto componente na Guarnição de Carro Forte, sendo este o Vigilante 03.

A Guarnição de Carro Forte é formada em geral pelo número mínimo de 04 (quatro) e máximo de 05 (cinco) vigilantes, este último em caso de situação de risco ou necessidade da operação.

Vamos agora verificar cada um dos componentes da Guarnição de Carro For-te e suas atribuições:

Fiel

São Atribuições do Fiel:

1. Comandar e disciplinar a equipe,

2. Cumprir e fazer com que se cumpram as normas e procedimentos estabelecidos pela empresa;

3. Absoluto sigilo;

  1. Estar apto ao porte de arma;
  1. Sua função é intransferível; e
  1. É o responsável pela operação.
Motorista

São funções do Motorista do Carro Forte:
  • A condução do veículo; 

  • Obedecer às normas de trânsito, conforme Legislação vigente, observando suas especificações;
  • Executar também a função de vigilante;
  • Estar apto ao porte de arma;
  • Sua função poderá ser revezada, se ordenada ou autorizado pelo controle da operação;
  • Absoluto sigilo;
  • Visar às melhores condições de posicionamento, caso haja uma reação; e
  • Permanecer ao volante nas paradas, atento a tudo, inclusive nos espelhos retrovisores.
Vigilantes

São Funções dos Vigilantes:

1. Manter-se sempre na cobertura do Fiel;

2.Ter eficiência na observação de normas e procedimentos;

3. Respeito mútuo, sempre atentando a hierarquia;

4. Apresentar-se às autoridades, quando solicitado;

5. Estar apto ao porte de arma;

6. Absoluto sigilo; e

7. Não portar arma particular durante o serviço.

Procedimentos em Estabelecimento Financeiro

As figuras ilustram alguns dos procedimentos adotados pela Guarnição de Carro Forte ao desembarcar e embarcar, e em entrada e saída de Estabelecimento Financeiro, ou Estabelecimento Comercial, no caso de retirada de valores. Veja os exemplos:



Procedimentos Gerais

Alguns procedimentos do Vigilante devem ser observados, inclusive na apresentação pessoal ao serviço, sendo: Aparência pessoal: barbeado, cabelos e bigodes aparados; Uso correto do uniforme, sem alterá-lo; Comunicar qualquer alteração dos dados pessoais; Não usar bebida alcoólica antes de apresentar-se ao serviço; Portar todos os documentos necessários para sua função; e Não permitir qualquer pessoa não pertencente à Guarnição de Carro Forte no interior do veículo.


Técnicas Operacionais


Tem-se que ser observadas algumas técnicas operacionais, e tê-las como regras de procedimento, sendo:



Embarque, permanência no interior do estabelecimento e desembarque da Guarnição de Carro Forte



Desembarque:



Faremos uma descrição do desembarque da Guarnição de Carro Forte, sendo:


  • Vigilante 1: é o primeiro que desembarca, sua primeira função é vistoriar atentamente o interior do estabelecimento e percebendo qualquer movimentação estranha volta imediatamente ao interior do Carro Forte. No caso de após a vistoria no interior do estabelecimento entender estar tudo normal, posicionando-se a em local externo ao estabelecimento, com boa visão para a porta e a parte traseira do Carro Forte;
  • Vigilante 2: é o segundo a desembarcar, e somente desembarca após o Vigilante 01 estar posicionado na parte traseira do Carro Forte e lhe ter dado o sinal (este sinal é combinado pela Guarnição do Carro Forte), posicionando-se em local de bom contato visual com o motorista, além de visão para a porta e toda a parte dianteira do Carro Forte;
  • Fiel: é o último a desembarcar, e entra direto no estabelecimento, sendo escoltado pelo Vigilante 01 a sua frente e o Vigilante 02 a sua retaguarda, nunca andando em fila reta. O Fiel ainda pode transportar o malote ou designar um vigilante para que o faça, sendo sempre conduzido pela alça ou no ombro, impreterivelmente sendo ao lado contrario ao da arma; e

  • No caso de haver um quinto componente, este seria o Vigilante 03, e sua função é de dar maior segurança a Guarnição de Carro Forte, sendo que desembarca antes do Fiel e o acompanha todo o tempo.


Permanência no Interior do Estabelecimento:



O procedimento no interior do estabelecimento deve proceder da como segue:

  • Fiel: deve dar atenção nesse momento ao cliente, conferindo o que está entregando ou retirando;
  • Vigilante 01: chega à frente do Fiel no local interno reservado para os procedimentos de entrega e retirada de valores e documentos, permanecendo do lado de fora ou acompanhando o Fiel caso seja solicitado por este; e 
  • Vigilante 02: chega à retaguarda do Fiel e permanece do lado de fora do local interno reservado para os procedimentos de entrega e retirada de valores e documentos, aguardando ali até a saída do Fiel.
Observação: a atenção a tudo que acontece no interior do estabelecimento é de competência dos Vigilantes, informando qualquer anormalidade de imediato ao Fiel e ao Motorista via rádio.

Embarque:



O procedimento de embarque da Guarnição de Carro Forte deve obedecer a um roteiro sendo:

  • Vigilante 01: ao sair de novamente vistoriar o interior do estabelecimento, e caso perceba algo de anormal, informa o Fiel que permanece em local protegido até que se tenha uma oportunidade de prosseguir, porém se sinta a necessidade de apoio, podem e devem solicitar o apoio dos órgãos de Segurança Pública, e nunca tentar um procedimento de emergência, podendo causar danos a integridade física da Guarnição de Carro Forte ou aos colaboradores e clientes do estabelecimento. No caso de o Vigilante 01 ao vistoriar o interior do estabelecimento entender estar tudo normal, parte para o lado externo e posiciona-se novamente na parte de trás do Carro Forte, com visão tanto da porta do veículo e quanto a do estabelecimento;
  • Vigilante 02: após a saída e sinal de positivo do Vigilante 01, este faz o percurso contrario ao de entrada e posiciona-se novamente em local de bom contato visual com o motorista e com visão para a porta do estabelecimento e para a porta e toda a parte dianteira do Carro Forte;
  • Fiel: após o sinal positivo do Vigilante 02, o Fiel sai do estabelecimento, dirigindo-se diretamente para entrar no Carro Forte, conduzindo o malote da mesma forma, pela alça ou no ombro sempre ao lado contrario da arma, podendo neste procedimento delegar a um Vigilante que o faça;
  • Vigilante 02: após o embarque do Fiel, ele é o próximo a embarcar; e
  • Vigilante 01: este é o ultimo a embarcar no Carro Forte.
Procedimentos Gerais no Desembarque, Permanência no Estabelecimento e Embarque:



  • Ao desembarcar, certificar que o companheiro está corretamente posicionado;
  • Posicionar-se sempre com as costas protegidas e ao menos 2 (metros) metros de um canto da edificação;
  • Não perder o companheiro de seu campo de visão em nenhum momento;
  • Não conversar ou dar informações a ninguém enquanto estiver desembarcado, nem mesmo conversar com seus companheiros, e caso alguém comece a pedir-lhe informação insistentemente, independente de quem seja, inicie ali uma manobra de emergência e voltando todos para o interior do estabelecimento ou do Carro Forte, o que for mais apropriado para a ocasião;
  • Durante todo período que permanecer no exterior do Carro Forte, manter postura adequada e atenção a tudo ao seu redor;
  • Estar sempre com a arma empunhada em posição sul e dedo fora do gatilho;
  • Motorista ao volante e sempre atento; e
  • Manter a postura correta, mesmo não estando com valores em mãos.
  • Observação: nos procedimentos de embarque, permanência em estabelecimento comercial e desembarque da Guarnição de Carro Forte, o Motorista deve estacionar o veículo em local de boa visão de todos, inclusive ao uso dos espelhos retrovisores, com o motor ligado, e permanecer embarcado, sempre.


Parada Para Refeição



Observe atentamente essas dicas:

  • A parada deve ser sempre autorizada pela base de controle, sendo está informada do local exato do estacionamento do Carro Forte e do restaurante onde os integrantes irão fazer a refeição;
  • Não havendo valores, pode-se proceder de forma que desembarquem 03 (três) Vigilantes do Carro Forte e um fica a bordo, não sendo aconselhado pelo motivo que posteriormente um Vigilante fará sua refeição sozinho;
  • Procurar locais de estacionamento próximos a quartéis da Polícia Militar ou de Delegacias de Polícia;
  • Desembarcar apenas 02 (dois) por vez, permanecendo outros 02 (dois) no interior do Carro Forte;
  • Sempre desembarcar desarmados e sem o colete balístico, sendo estes deixados no interior do Carro Forte;
  • Ao fazerem o revezamento, proceder de forma que os 02 (dois) primeiro embarquem para que os outros 02 (dois) desembarquem, nuca sendo diferente este roteiro; e
  • Manter as portas do Carro Forte sempre.

Problemas Mecânicos



Em caso de problemas mecânicos, proceder na seguinte forma: Informar de imediato a central de operações, transmitindo o endereço completo do local; Manter as portas travadas com o ferrolho; Apenas o Motorista desembarca, desarmado, e verifica a causa e a gravidade da pane; e Caso haja necessidade, um Vigilante desembarca armado, quando existir numerários a bordo, para fazer a sinalização do trânsito.


Abastecimento



Durante o abastecimento, toda a Guarnição de Carro Forte permanece embarcada, inclusive o motorista, que faz procede no contato com o frentista do posto de combustível por meio da escotilha, porém, na maioria das Empresas de Transporte de Valores tem em sua central, bombas para o abastecimento de sua frota, até mesmo pela qualidade e confiabilidade do combustível.



Paradas Imprevistas



É expressamente proibido que o Carro Forte efetue paradas, que não sejam aquelas estabelecidas no roteiro em estabelecimentos financeiros ou comerciais, sendo que qualquer parada, seja por problemas mecânicos, seja para alimentação, seja outro o motivo, deve ser comunicada imediatamente a base central de controle, e por ela autorizada.



Caronas



É expressamente proibido dar caronas a quem quer que seja sem precedentes.

Faltas Graves de Uma Guarnição de Carro Forte



Existem algumas faltas graves cometidas por uma Guarnição de Carro Forte, que não se deve aceitar, procedendo nesses casos com advertências exemplares ou até a demissão da Guarnição de Carro Forte por justa causa, sendo: Parar o Carro Forte para comprar jornais, revistas, cigarros, etc; Durante os procedimentos em um estabelecimento financeiro, efetuar pagamentos de contas pessoais; O não cumprimento das normas pré-estabelecidas; e O não uso dos equipamentos de segurança disponibilizados como colete, arma, rádio, munição, etc.

Download

http://www.4shared.com/office/yq69E7lE/apostila_de_seguranca_bancaria.html?

7 comentários:

  1. Legal gostaria de saber as referencias, o material e muito bom , e gostaria de utiliza-lo em instrução.

    ResponderExcluir
  2. Irei anexar o download da Apostila sobre Segurança Bancaria e Transporte de Valores.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns estou muito bem informado o sigilo, que é tão cobrado realmente não existe graças a Deus o procedimento descrito está errado poís,a guardição altera o desembarque e embarque para não ser supreendido por pessoas mal intensionados.Trabalhar no carro forte e para gerreiro que acredita em Deus e na sua disciplina,atitude para volta vivo para casa.

    ResponderExcluir
  4. Primeiramente, parabens pelo seu trabalho e tambem pelo seu site, muito bom. Sou de Campo Grande-MS, quero ser um vigilante de carro forte, e gostaria de saber se, só o curso basico de vigilante basta, ou precisa ter outros para exercer a profissao??! Obrigado! Deus te abençoe

    ResponderExcluir
  5. De uma pesquisada neste site http://www.mariz.eti.br/Segura.htm fala sobre portaria, etc. Primeiro vc tem que procurar uma Escola de Vigilante da sua Cidade e fazer o curso de vigilante. Primeiro vc tem que tirar a carteira de vigilante, aprimorar e buscar novos horizontes na qual vc almeja. Desejo tudo de bom e sucesso.

    ResponderExcluir